Uma delegação da Universidade cultural libanesa do mundo na América do Norte reunião com o deputado Sheikh Sami Gemayel

Segunda-feira, 01 Novembro 2010
uma delegação da Universidade cultural libanesa do mundo na América do Norte realizou uma reunião com o deputado Sheikh Sami Gemayel durante sua visita a Boston. A delegação foi presidida pelo Presidente continental, Professor Elias Kassab, e o membro do vice-presidente continental para os Estados Unidos, engenheiro David Abi Shaker, professor Ibrahim tanous, chefe do ramo de Boston da Universidade, o dono do jornal Notícias perfil, o engenheiro François Abu Noman, chefe da filial de Nova York, e Sr. Ibrahim DAGHER Ex-oficial de relações internacionais da Universidade, assessor de mídia do secretário geral da Universidade Dr. Alfred Saad, e um número de funcionários universitários nos Estados Unidos e Canadá.

A delegação agradeceu o belo deputado por seu apoio à Universidade e por suas posições ousadas na defesa dos direitos dos expatriados, em particular a sua posição recente sobre o seu direito de voto. A delegação elogiou as belas posições em apoio da independência da Universidade e do defensor para o levantamento da mão.

A delegação, então, expressou a preocupação dos expatriados sobre o que estava acontecendo no Líbano, e eles ouviram o belo MP para sua percepção da situação e sua visão dos desenvolv
imentos e maneiras de resolver seus dilemas. A delegação elogiou o movimento pelo belo MP em direção à administração dos EUA, especialmente o Senado, para mover E.U. assistência militar para o exército libanês.

A delegação explicou ao belo deputado o papel da Universidade nas Nações Unidas como pertencentes às organizações não-governamentais da organização internacional. A delegação assegurou e
ntão o belo deputado que a Universidade foi e continuará a apoiar a pátria do Líbano, em apoio à sua liberdade, soberania e independência, e que a Universidade não poupará nenhum esforço em investir suas relações com os governos dos Estados Unidos e Canadá, para empregá-los para isso e para servir todas as questões da nação.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.